DisasterPrevention and Education Centre

Ano: 2011
Local: Istanbul, Turquia
Fotografia: Daniel Santos

O edifício proposto pretende ser um elemento iconográfico, numa cidade com um legado histórico tão rico, criando uma nova centralidade no tecido urbano tão descaracterizado em que se insere. É implantado sobre uma plataforma que recinta o lote e as entradas são marcadas pelas geometrias que o muro define, permitindo e promovendo atravessamentos urbanos pedonais.

Pensámos um conjunto edificado em forma de dois vazios: um hortus conclusus, tornado jardim público, e uma cúpula, que se converte numa praça pública coberta e organiza no interior do edifício todas as zonas de circulação.

A partir da hipótese inicial de um óvulo sujeito a uma acção destruidora, iniciou-se um método de projecto centrado nos processos de destruição e reconstrução que as acções dos homens provocam nos edifícios, como resultado da dinâmica histórica que os desastres, as ocupações e conquistas produzem.